sábado, 2 de novembro de 2019

Globo atribui a promotora bolsonarista a perícia a jato que inocentou o clã no caso Marielle

Da revista Fórum – O Jornal Nacional, da Rede Globo, repercutiu nesta sexta-feira (1) o afastamento da promotora Carmen Eliza Bastos de Carvalho do caso Marielle Franco, após serem divulgadas fotos demonstrando sua relação com o bolsonarismo. O telejornal destacou uma fala de Carmen que afirmava que as questionáveis conclusões do MP que desvinculavam Bolsonaro do caso e desmentiam depoimentos do porteiro do Vivendas da Barra foram “técnicas”.


Na reportagem, as imagens divulgadas pelo The Intercept Brasil e pela Folha de S.Paulo, nas quais ela aparece ao lado do deputado Rodrigo Amorim, que quebrou placa da vereadora Marielle Franco, e fazendo campanha para Jair Bolsonaro, foram divulgadas, assim como uma nota publicada pela promotora. O JN comentou também sobre a tensa reunião realizada na noite de quinta-feira (31), em que Carmen se recusou a sair do caso.


Fonte: Revista Fórum
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário