terça-feira, 15 de outubro de 2019

Gilmar diz que Globo colocou sua vida em risco com estímulo ao fascismo

"Vocês da mídia são os responsáveis por tudo isso, até pela condição de lavajatistas pressionando a população a esse tipo de procedimento com quem questiona situações da Lava Jato”, disse o ministro do STF Gilmar Mendes durante participação no programa Entrevista com Bial


O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF) Gilmar Mendes disse que a mídia conservadora, incluindo a Rede Globo, tem incentivado a onda de agressores contra integrantes da Corte que têm se posicionado contra os excessos da Lava Jato, colocando em risco a sua própria vida e a de outros membros do STF. 


“Se for prestada a atenção, vocês da mídia são os responsáveis por tudo isso, até pela condição de lavajatistas pressionando a população a esse tipo de procedimento com quem questiona situações da Lava Jato”, disse Gilmar em entrevista ao programa Entrevista com Bial, exibido pela Globo nesta segunda-feira (14). 


“Se amanhã eu sofresse um atentado... eu cheguei a dizer isso ao Ali Kamel. Mandei para ele o livro do Pinheiro Machado. Aquele livro do Pinheiro Machado, o assassinato do Pinheiro Machado, senador na Velha República, é dito que aquele assassinato foi causado pela mídia, pelo incitamento que a mídia produzia”, disse Gilmar em outro momento da entrevista. 
Declarações de Gilmar Mendes vieram em resposta a uma pergunta feita por Bial na qual ele questionava como o ministro se sentia ao “ser abordado por populares de forma enfática e até agressiva” e qual seria a “parcela de responsabilidade” do ministro neste tipo de reação popular. Diante da resposta inesperada, Bial afirmou que a Rede Globo “jornalismo” e que os chamados vazamentos devem ser entendidos como “furos de reportagem”.
“Pois bem, o que se sabe nos bastidores era que o então procurador Geral da República, Rodrigo Janot, dispunha de 11 pessoas no jornalismo para vazar seletivamente dados e processos para a mídia, especialmente vocês”, retrucou Gilmar.


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário