quinta-feira, 5 de setembro de 2019

Salles desiste de nomear madeireiro para superintendente do Ibama

Um dia depois de VEJA ter revelado que o novo superintendente do Ibama no Ceará seria o coronel Ricardo Célio Chagas Bezerra, suplente de deputado federal pelo PSL e dono de uma fazenda de exploração de madeira em Itupiranga, no interior do Pará, o ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, decidiu revogar a nomeação.
A decisão foi anunciada nesta quinta-feira, 5, pelo próprio Bezerra, em seu perfil no Twitter. “O senhor ministro do Meio Ambiente avaliou e visando a preservação do órgão, do governo e até minha, nesta área tão sensível, resolveu tornar sem efeito minha nomeação para superintendente do Ibama no Ceará, fato que recebo com desapontamento, mas também com naturalidade e resignação”, escreveu. “Continuo acreditando no nosso governo, nos ministros que estão conduzindo nossa nação com honestidade e proficiência”, completou.

A nomeação dele para o cargo havia sido publicada na quarta-feira 4. Bezerra é dono da fazenda Arapari, localizada na rodovia Transamazônica. Conforme os registros, a principal atividade econômica da fazenda é “extração de madeira em florestas plantadas”. Em seu perfil no Facebook, o coronel se descreve como um empresário da área de logística, que desenvolve “atividade agropecuária nos estados do Ceará e Pará”. Na Receita Federal, a empresa consta como inapta por “omissão de documentos”.

Reações:

0 comentários:

Postar um comentário