domingo, 1 de setembro de 2019

Kim do MBL responde post de Bolsonaro chamando-o de mentiroso e cínico

“Se o que o sr. diz é verdade, então manda me prender com base na lei da denunciação caluniosa. Crime em flagrante. Duvido”, disse o deputado

O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos líderes do Movimento Brasil Livre (MBL), voltou a criticar Jair Bolsonaro. Em resposta a uma postagem do presidente, o parlamentar chamou Bolsonaro de mentiroso e cínico.
“Se o que o sr diz é verdade, então manda me prender com base na lei da denunciação caluniosa. Crime em flagrante. Duvido. Não vai mandar porque sabe que está mentindo. Cinismo”.

Bolsonaro havia feito a seguinte postam no Twitter: “Um fake news, passível de até 8 anos de cadeia (após veto derrubado pelo Congresso), afirma que o PR acresceu em R$800mi o Fundo de Financiamento para as eleições de 2020, via PLOA. Governo apenas cumpriu determinação (fundamentado em Lei), da Presidente do TSE, Min. Rosa Weber”.
“Bundão”
Na última sexta-feira (30), Kim, em entrevista ao programa Pânico, da rádio Jovem Pan, havia retrucado ataques de Bolsonaro. O deputado disse ter ficado surpreso que o presidente não citou seu nome, durante sua live semanal, mas sabia que tinha gerado desconforto em Bolsonaro por conta de suas intrigas com o filho Eduardo sobre a lei que pune fake news nas eleições.

“Achei até meio bundão o Bolsonaro não falar o meu nome. Pelo amor de Deus. Sou um deputado mirrado, semijaponês, do baixo clero”, brincou o líder do MBL.

Fonte: Revista Fórum 
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário