terça-feira, 27 de agosto de 2019

Moro revida provocações de Bolsonaro e crise deve piorar

Ao visitar a Superintendência da Polícia Federal no Rio, Sergio Moro rebateu — sem precisar dizer uma palavra — as provocações de Jair Bolsonaro, que utilizou o órgão para tentar enquadrá-lo no Ministério da Justiça.


A notícia, publicada pelo jornal O Globo, sobre a asfixia financeira da PF, manifesta por Moro em ofício a Paulo Guedes, é outra reação ao Planalto. Afinal, não era esse o governo que fortaleceria a PF e a Lava-Jato?


Como o Radar mostrou nos últimos dias, o presidente vem fustigando Moro por considerar que o ministro é o responsável pelas pressões sobre o Planalto no debate da Lei de Abuso de Autoridade, por exemplo. A popularidade do ministro no bolsonarismo também desagrada.


Fonte: Revista Veja
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário