segunda-feira, 3 de junho de 2019

Bolsonaro se solidariza com funkeiro que espancou mulher grávida antes de se matar

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) postou uma mensagem de solidariedade ao MC Reaça, que espancou uma mulher grávida e se matou, nesse sábado (1º). A postagem do chefe do Executivo divide opiniões, por conta das agressões sofridas pela mulher, que ainda está hospitalizada.
O funkeiro, apoiador de Bolsonaro e conhecido por compor músicas para o presidente durante sua campanha, foi encontrado morto na Rodovia Dom Pedro I, em Valinhos (SP), na tarde de sábado. O caso foi registrado como “possível suicídio” pela Polícia Civil. O homem teria parado sua moto na altura do km 116 e foi visto por um funcionário da concessionária da estrada com uma corda nas mãos.
De acordo com o jornal O Estado de S. Paulo, antes de morrer, o funkeiro teria espancado uma mulher com quem teria um caso extraconjugal. Ele teria contado que ela estava grávida.
A mulher, de 28 anos, está internada na Unidade de Tratamento Intensivo (UTI) e, segundo o Hospital Augusto de Oliveira Camargo (HAOC), seu estado é estável. Ela aguarda o rosto desinchar para passar por uma cirurgia. Em relação à gestação, nada foi divulgado.
“Tales Volpi, conhecido como MC Reaça, nos deixou no dia de ontem. Tinha o sonho de mudar o país e apostou em meu nome por meio de seu grande talento. Será lembrado pelo dom, pela humildade e por seu amor pelo Brasil. Que Deus o conforte juntamente com seus familiares e amigos”, escreveu o presidente.

Fonte: BHAZ
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário