quinta-feira, 2 de maio de 2019

Após criticar atuação da PM nas redes, homem é detido e obrigado a gravar vídeo com desculpas

Homem criticou nas redes atuação da PM, que soltou bombas de gás lacrimogênio durante confusão em festa no interior de São Paulo. Menos de duas horas depois, ele foi preso e, algemado, obrigado a pedir desculpas em vídeo

Reportagem do portal G1 informa que um homem foi detido na manhã desta quarta-feira (1º), em São Carlos (SP), após postar comentários contra a Polícia Militar no Facebook em uma publicação sobre a atuação dos policiais durante uma confusão na Festa do Clima, na noite de terça-feira (30). Na ocasião, foram disparadas bombas de efeito moral e balas de borracha e 11 pessoas foram detidas.
A publicação do homem, que não é identificado na reportagem, estava entre mais de 500 comentários de um vídeo postado na noite de terça-feira, com imagens do estouro das bombas disparadas pela PM, além de pessoas correndo.

O comentário postado por volta das 10h desta quarta-feira diz que a PM ‘faz merda’, é um ‘bando de despreparados’, um ‘órgão do estado sem credibilidade’, entre outras afirmações.
Menos de duas horas depois o homem foi detido e levado ao Plantão Policial. Horas depois, um vídeo que circulou nas redes sociais mostrava o homem pedindo desculpas pelas ofensas, sentado no chão e algemado.
No víde, o homem que faz as imagens diz: “Cê não é cheio, cê não é eloquente para escrever, então fala, meu!”. O rapaz, então, responde: “Tô pedindo desculpa pelo que eu escrevi em relação ao que aconteceu lá na praça do mercado no evento de ontem”. “Quem é despreparado?”, é indagado. “Ninguém. Eu”, responde o autor das críticas.
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário