segunda-feira, 1 de abril de 2019

Mourão diz que Bolsonaro ordenou publicação de vídeo exaltando a ditadura

Enquanto a Secretaria de Comunicação da Presidência recusa-se a dizer de onde partiu a ordem para a divulgação de um vídeo pró-ditadura por uma rede social do Palácio do Planalto, o presidente em exercício Hamilton Mourão esclareceu: a ordem partiu de Bolsonaro. O vídeo foi divulgado neste domingo, no dia em que o golpe militar de 31 de março de 1964 completou 55 anos


"Decisão do presidente. Foi divulgado pelo Planalto, é decisão do presidente", disse general, segundo relato do jornal O Globo.

No vídeo, o interlocutor afirma: "se você tem a mesma idade que eu, um pouco mais, um pouco menos, sabe que houve um tempo em que nosso céu de repente não tinha mais estrelas que outros. Era assim, um tempo de medo e ameaças. Ameaças daquilo que os comunistas faziam onde era imposto, sem exceção. Prendiam e matavam seus compatriotas".



"O Exército nos salvou. O Exército nos salvou. Não há como negar. E tudo isso aconteceu num dia comum de hoje, um 31 de março. Não dá para mudar a história", diz o senhor no vídeo. Com quase dois minutos, o material não tem um selo indicando sua origem e termina com a mensagem de que os militares não querem "palmas nem homenagens". "O Exército apenas cumpriu o seu papel", diz.


Fonte: Brasil 247
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário