quarta-feira, 27 de março de 2019

Com medo, Bolsonaro cancela ida ao Mackenzie após protesto dos estudantes

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) cancelou sua ida à Universidade Mackenzie nesta quarta-feira, 27, juntamente com o Ministro de Ciência e Tecnologia, Marcos Pontes. O objetivo era conversar com pesquisadores responsáveis por estudos com o grafeno, um dos principais temas de sua campanha.
O cancelamento se deu após diversos vídeos viralizarem nas redes sociais que mostram os estudantes do Mackenzie unidos em protesto contra o presidente. “Ô Bolsonaro, seu fascistinha, os mackenzistas vão botar você na linha”, gritavam, com cartazes em mãos.

Veja o vídeo aqui

Os assessores já estavam tentando dissuadir o presidente há alguns dias sobre sua ida à universidade, uma vez que o endereço em que é localizado, a rua Maria Antônia, é um lugar simbólico da luta dos estudantes contra a ditadura.
Segundo informações do Estadão, a área de segurança do governo, sobretudo o GSI, estava monitorando com preocupação a agenda. Bolsonaro cancelou a ida ao Mackenzie e já informou funcionários da universidade.
Fonte: Catraca Livre
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário