sábado, 16 de março de 2019

Bolsonaro nomeia ex-deputado delatado pela Odebrecht para cargo com salário de R$ 17 mil mais benefícios

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) nomeou 1 ex-deputado federal delatado pela Odebrecht para 1 cargo na Casa Civil, com salário de R$ 16,9 mil por mês. A nomeação foi enviada pelo ministro da Casa Civil Onyx Lorenzoni e publicada no Diário Oficial da União de 4ª feira (13.mar.2019).

O ex-deputado é Abelardo Lupion (DEM-PR), que entra para o cargo de”assessor especial da secretaria especial para a Câmara dos Deputados da Casa Civil da Presidência da República”. Lupion foi indicado por 1 executivo da Odebrecht em delação premiada. É acusado de receber R$ 250 mil em caixa 2 nas eleições de 2010 e 2012. Na ocasião, não fez declaração do que recebeu.


Portaria nº 1.405 do Diário Oficial da União publicado na 4ª feira 13.03.2019


Lupion foi congressista por 7 legislaturas, a última com fim em 2015. Durante os mandatos ganhou notoriedade pela atuação na bancada ruralista. Ele é pai do deputado Pedro Lupion (DEM-PR), 1 dos vice-líderes do governo no Congresso.

A defesa do ex-deputado nega as acusações.

Fonte: Plantão Brasil
Reações:

0 comentários:

Postar um comentário